Como usar o Ubuntu

Tudo que você precisa saber sobre o Sistema Operacional

Henrique Pita

Como usar o Ubuntu

Dicas iniciais sobre o sistema operacional

O Ubuntu é um sistema Linux, baseado em Debian, patrocinado pela Canonical Ltd. Além de estar usando um Software Livre, ampliando meus conhecimentos, comecei a conhecer essa distribuição Linux em 2007. Privilegiados instalam o Ubuntu em seus computadores para conhecer e se dão muito bem. Sem vírus e com toda a comodidade de não ter que ficar instalando antivírus e afins.

Neste tutorial estamos usando como referência a versão do Ubuntu 13.04 (Raring Ringtail). Mas as dicas podem ser aproveitadas em outras versões como as 13.10 (Saucy Salamander), a 14.04 (Trusty Tahr)  e 14.10 (Utopic Unicorn) , e até mesmo versões anteriores. 

Aprender Linux não é difícil

Uma das novidades do Ubuntu O.S é a Unity. A Unity é a barra lateral padrão do Ubuntu neste e em algumas outras versões. Com alguns dos programas a atalhos  de sites padrões do sistema. Para não tornar o post muito complicado, decidi dividir o tutorial em algumas partes: Conhecendo o visual do sistema; Alertas do sistema; Programas já instalados do sistema; Gerenciamento de arquivos; Instalando programas.

Com isso o entendimento será mais claro.

Parte 1: Conhecendo o visual do sistema

vendo o sistema operacional pelo primeira vez

A Unity

Avaliando da esquerda para a direita, vemos uma barra lateral com alguns ícones da Unity. E no canto superior alguns outros ícones fundamentais para uso do sistema.

No canto superior direito vemos alguns aplicativos abertos ou fundamentais de estar sempre visível como um indicador de idioma do teclado, controlador de rede, caixa de email, controle de volume, data e hora (relógio) e uma chave de engrenada, que serve para acessar configurações e opções de desligamento do equipamento, reinício ou encerramento da sessão que está sendo utilizada, de acordo com o seu usuário.

Tudo isso depende de como usará o sistema.

Dash

A primeira opção na Unity é o Dash. Ao clicar no Dash, você tem acesso rápido aos seus arquivos, pastas e programas. Você começa a digitar o nome do programa que deseja, por exemplo e ele poderá  ser encontrado e executado. 
É necessário que o programa que deseja abrir esteja instalado. No exemplo a seguir, usamos o navegador Google Chrome.

Chave dentada

Clicando na chave dentada, você poderá observar mais informações como Infromações do sistema (Sobre este computador); ajuda do Ubuntu; configurações do sistema; contas on-line; bloquear tela com senha do usuário (com o atalho Ctrl + Alt + L); alternar o usuário;  encerrar sessão; suspender em memória (descanso); reiniciar; desligar.

Depois de algum tempo você já estará acostumado com o design do sistema e vai poder tranquilamente instalar novos programas. Desinstalar. Vai organizar seus arquivos e poder, principalmente, navegar sem medo de pegar vírus. Seguro que será muito difícil ser afetado por programas maliciosos. 

Programas e atalhos da Unity

No Ubuntu você não precisa inventar, só usar


Dash

serve para um acesso rápido aos seus arquivos e aplicativos localizados em seu PC.

Pasta Pessoal

é seu gerenciador de arquivos. Chama-se Nautilus.

Firefox

Navegador de Internet padrão.

Writer

editor de documentos que ainda te possibilitar exportar arquivos como PDF.

Calc

editor e planilhas eletrônicas.

Impress

software para apresentação de slides.

Central de programas

software para instalação e desisntalação de programas.

Ubuntu One

serviço de hospedagem de arquivos em nuvens (fechado).

Amazon

link para site da Amazon. Grande empresa de tecnologia.

Ubuntu One music

serviço fechado junto com Ubuntu One.

Ferramentas

aqui você pode configurar em seu PC a aparência, o mouse, teclado, entre outros dispositivos de hardware.

Atualizador de programas

ele aparece quando é há atualizações a serem feitas.

Todo programa que estiver sendo executado, provamente aparecerá na Unity. Conforme for instalando programas, estes são fixados na barra. Para removê-los basta clicar com o botão direito do mouse sobre o atalho do respectivo programa, e clicar na opção de desbloquear.

Para saber como diminuir o tamanho da Unity, clique aqui.


Parte 2: Alertas do sistema

O sistema é inteligente e exibirá alertas caso tenha problemas

O usuário de Ubuntu certamente vai passar por muitas atualizações do software. Assim que seu computador entrar na Internet você vai receber sua primeira notificação de atualização de softwares. Isso é bom demais. Te dá a possibilidade de usar um software atualizado assim que disponível, meio que automaticamente. Vai aparecer em evidência o programa chamado "atualizador de programas". Não há mal nenhum clicar e ler o que poderá ser feito.

Há determinadas atualizações que são muito importante ser feitas. Deixar o sistema atualizado é bom, mas nem sempre temos tempo para atualizar. Para atualizar seu sistema você pode clicar neste ícone para atualizar sempre que aparecer. Ou não. Você também pode deixar para uma hora mais oportuna. É importante frisar que atualização do sistema não pode ser interrompidas de qualquer maneira, para não danificar o sistema de arquivos do sistema.

A primeira atualização é sempre mais importante que as demais. Quando clicar na janela para atualizar o sistema você vai ver o título do alerta, o número de arquivos que serão baixados, e detalhes. Além do botão configurações (que você pode configurar a frequencia de como aparecerá este alerta em outras ocasiões), opção para não fazer no momento e lembrar mais tarde, e o botão de instalar.

Ao clicar para atualizar, não se limite a não visualizar o término da atualização. Se, ao final, surgir uma janela sugerindo que o computador precisa ser reiniciado. Você pode pode deixar para reiniciar seu computador mais tarde um pouco, caso não faça qualquer outra atualização no seu sistema, bem como instalar outros programas (dependendo do que vai instalar também).

Ao final da atualização reinicie sua máquina. Este tipo de atualização é supor importante. Alguns exemplos de mudanças que serão feitas seria a atualização do navegador Firefox para o idioma de seu sistema, que inicialmente o Firefox vem instalado em Inglês. Além do OpenOffice que também será traduzido.


Parte 3: Programas já instalados do sistema

É só usar. Tem vários programas de diversos gostos.

Existem vários tipos de programas, cada um para seu uso específico. Existe programa para assistir filmes, para editar dpcumentos, para ouvir músicas, para conversar, para escrever notas, para desenhar, para edição de áudio e vídeo, para navegar na Internet e muito mais. Há muitos programas multiplataforma (que funcionam em Windows, Linux e Mac), como o Firefox, que já vem instalado no Ubuntu. No mais em relação aos programas que já estão habituados a usar, provavelmente já existe um igual ou até melhor para Linux.

Aplicativos padrão do Sistema

Para você acessar seus arquivos o Ubuntu já vem com programas configurados para poder atender as necessidades dos usuários de microinformática.
Para saber, basta você ir em configurações detalhes, para saber quais são os aplicativos que poderá visualizar com seus respectivos programas. Neste caso você também pode alterar seus programas definidos por padrão.

Conheça outros programas já instalados

o sistema já vem tudo que precisa e muito mais

Gedit

Programa editor de texto simples, que se compara um pouco com o bloco de notas do Windows, porém melhor, com opções de temas e tags HTML coloridas caso configurado;

Discos

Este software diz como está o estado do seu HD, pendrive ou cartão de memória. No HD trabalha de forma mais completa testando os clusters e identificando problemas;

Calculadora

Faz cálculos simples e operações matemáticas fundamentais;

Analisador de espaços em disco

Serve para analisar o tamanho das pastas de arquivos baseada no tamanho dos arquivos. Quando mais arquivos mb, gigabytes tiverem os arquivos, maior vai ser o tamanho em um gráfico;

Log do sistema

Faz relatórios de entrada e saída de informações de software e hardware. Um exemplo é se você quiser ver se um hardware foi reconhecido pelo sistema. Um pendrive que possa estar pensando que esteja com defeito. Se o sistema reconhecer vai acontecer de aparecer alguma informação referente ao dispositivo que tenha colocado na porta USB do seu equipamento;

Digitalisador simples

Serve para você utilizar um dispositivo scanner. Podendo ser até mesmo o de uma multifuncional;

Organizador de fotos Shotwell

Um organizador de fotos personalizado onde você pode ver suas fotos como uma galeria;

Visualizador de imagens

Com este programas você visualiza imagens como fotografias, em vários formato: jpg, png, gif, entre outros;

Visualizador de documentos

Com ele você vê suas apostilas ou documentos no formato PDF;

Cliente Bittorrent Transmition

Com este programa você faz download de bittorrents. Fimes, arquivos, etc;

Empathy Messenger

É um programa onde você poderá utilizar vários protocolos de mensageiros instantâneos como MSN, Facebook, Yahoo, Gtalk, entre outros. Simplificando: você em um programa você poderá falar com seus amigos de várias redes sociais;

Criador de discos de inicialização

Serve para você poder criar um disco inicialização para instalar o Ubuntu, seja gravando a imagem em CD ou DVD, ou mesmo um pendrive inicializável com o Ubuntu;

Brasero

É o gravador de CDs e DVDs ótimo, simples e funcional;

Parte 4: Gerenciamento de arquivos

Não terá mais motivos para deixar seus arquivos desorganizados

Pasta pessoal

Sabendo usar o Nautilus você ganhará tempo e com isso poderá mater seus arquivos organizados. No Nautilus vovê pode abrir abas de pastas. Consequentemente irá navegar melhor entre suas pastas de arquivos podendo mover estes arquivos a qualquer momento. Além do mais você poderá mover várias pastas ao mesmo tempo com vários arquivos.

Ao acessar o Nautilus o primeira pasta que vai ter acesso é a Pasta pessoal

Dentro da pasta pessoal você encontra as outros do sistema, como as de documentos, músicas, downloads, músicas, vídeos e outras mais. Além das que poderá criar.

Locais:

À esquerda da tela no gerenciador de arquivos Nautilus, visualiza uma seção relacionada aos locais onde os arquivos ficam armazenados. Você visualiza as principais pastas. Em dispositivos você visualiza hardwares de armazenamento, como o próprio HD, pendrives, câmeras digitais, cartões de memória, D externo e o que mais tiver relação com mídias de armazenamento de arquivos.

A mais interessante que eu amei no Nautilis, é a possibilidade de abrir pastas de arquivos na mesma janela em abas. Ao clicar com o botão direito do mouse em alguma parte, aparecerá a opção de abrir em uma nova aba.

Observando que tanto como na imagem anterior como na próxima, foram abertas abas na mesma janela. Quem em muito arquivo vai adorar este recurso. Assim como eu. Se você quiser saber mais sobre como copiar arquivos de um pendrive ou HD externo para seu sistema Ubuntu, clique aqui.

Parte 5: Instalando programas

Como instalar e desinstalar programas no Ubuntu

Há distintas formas de instalar programas no Ubuntu. Com o tempo você vai pegar a manha. O veículo mais comum de instalar e desinstalar programas é usando a Central de Programas. Um software que já vem instalado no sistema que através do mesmo, você navega por ele entre categorias. Com isso você pode encontrar facilmente o programa que deseja instalar. Não se preocupe se não conhece o nome do programa. Através da navegação por categorias você pode encontrar facilmente um programa que te sustente além de poder ler a descrição do programa antes de baixar.

Na esquerda do programa aberto você visualiza as categorias de softwares livres (praticamente todos).

 Categorias:  acessórios; acesso universal; ciência e engenharia; educativo; escritório; ferramentas do desenvolvedor; fontes; gráficos; Internet; jogos; livros e revistas; multimídia; sistema; temas e tweaks.

Seção de novidades, além dos mais bem avaliados (que também são os mais instalados). Dentre eles alguns multiplataforma (que funcionam também para Windows, e Mac, além do Linux) como o VLC, Filezilla, 7-Zip, entre outros.

Os programas que estão instalados eles aparecem na guia Instalados, que fica na parte superior do programa. Os programas instalados são visualizados com um visto.
Em alguns casos, os programas os codecs para que os arquivos possam ser executados por determinados programas são instalados simplesmente com um duplo clique no arquivo que deseja ser executado. Se estiver conectado à Internet, poderá imediatamente fazer o download do suporte para a execução do tal arquivo.

Se você quer descompactar um arquivo e ainda não tem suporte preparado para descompactar arquivos ou não tem um programa descompactador de arquivos instalado, ao clicar para descompactar o arquivo, automaticamente (se você estiver online) pooderá instalar o suporte. Como RAR ou Unrar.

Usando a Central de Programas:

No Ubuntu você também baixar o instalador de determinados programas e com alguns cliques ele será instalado, com a permissão do administrador do sistema. Como exemplo podemos falar sobre o Skype, TeamViewer, Google Chrome, entre outros. Aprenda como instalar programas usando a Central de programas do Ubuntu, clique aqui.

Aprenda como instalar o Skype no Ubuntu usando um instalador *.debclique aqui.

Usando o terminal:

Se você quiser, também pode instalar programas usando o terminal.  Só vai precisar gravar uma linha de comando que vai usar pra sempre, por ser padrão para instalar programas no Ubuntu. Saiba mais.

Dicas de como usar melhor o WhatsApp e redes sociais

entenda como obter melhor resultados em suas conversas em programas de Chat

Artigos relacionados

Ubuntu OS

Como formatar pendrive no Ubuntu

Aprenda como formatar pendrive no Ubuntu. Além de cartão de memória (microsd), HDs inetrno e externo.Tudo muuito simples e seguro. Saiba mais.

Como instalar programas no terminal

Aprenda como instalar e desinstalar programas usando o terminal do Ubuntu com apenas uma linha de comando. Saiba mais.

Como gerenciar seus arquivos

Aprenda como é fácil mover seus arquivos, copiar e colar. Além de dicas práticas sobre como organizar os mesmos. Saiba mais.